sábado, 21 de novembro de 2015

A idade média e a completa falta de higiene !

Diferentemente da imagem que Hollywood nos passa hoje em dia, na idade média não havia somente príncipes loiros lindos e cheirosos e suas maravilhosas princesas. A  realidade era outra. Na verdade desde a queda do Império Romano até a descoberta da América, a higiene pessoa e o saneamento básico não eram considerados prioridades.
Os médicos acreditavam que a água quente abria os poros e facilitava a entrada de agentes patológicos e assim enfraquecia os órgãos. Era aconselhado às pessoas que mantivessem uma "camada" de sujeira no corpo para a proteção de doenças. Banhos eram feitos a seco, somente uma toalha limpa para esfregar as partes expostas do corpo e era proibido lavar as partes íntimas.
Ainda tínhamos a igreja que censurava o banho por considerá-lo um luxo desnecessário e impuro.
Segundo os historiadores, os banhos não eram um costume da sociedade em geral, seja rica ou pobre. As pessoas que gostavam de tomar banho, quando muito, tomavam 2 a 3 banhos por ano !
Quando os banhos aconteciam, era usada um tina enorme cheia de água quente. O pai da família era o primeiro em tomá-lo, logo os outros homens da casa por ordem de idade e depois as mulheres, também por ordem de idade. Enfim chegava a vez das crianças e bebês
Não havia banheiros. Quando chegava a hora de fazer as necessidades, iam ali mesmo no fundo do quintal ou uma moita. Não era incomum também ver alguém fazendo cocô nas ruas.
Em algumas residências mais afortunadas existiam fossas para acumular as fezes.
Haviam servos especialmente designados a recolher o cocô das fossas e vendê-los como esterco. A urina era acumulada em tinas que depois eram usadas para lavar peles e branquear  telas. As pessoas jogavam seu lixo e dejetos em baldes pelas portas de suas casas ou dos castelos. Imagine a cena: o sujeito acordava pela manhã, pegava o pinico e jogava ali na sua própria janela, na rua  !
Para termos uma ideia, o Rei Henrique VIII, possuia servos que cuidavam das suas “necessidades”. Retirar piolhos, fazer a higiene pessoal após necessidades, masturbar o rei quando a rainha não pudesse satisfaze lo, dentre outras funções
Segundo historiadores, as roupas íntimas eram usadas para evitar que a sujeira das partes íntimas entrasse em contato com as roupas, isolando as !
O mau cheiro predominava e era dissipado com leques ! Os nobres contavam com servos que usavam leques enormes e assim espantavam insetos e também o mau cheiro.

Neste cenário, não é de se espantar que diversas doenças e pestes  assolaram a idade média durante muito tempo !
 
Fonte: Discovery Science 

Nenhum comentário :

Postar um comentário