segunda-feira, 18 de agosto de 2014

"Sempre Ligados", surge uma nova síndrome do mundo moderno !

A todo instante estamos checando mensagens e e-mails em nossos Smartphones, quer seja profissionalmente quer seja pessoalmente. Esses são típicos indícios de que você pode sofrer do estresse conhecido como "sempre ligado", que afeta pessoas que não conseguem largar de seus smartphones.
Por um lado, o uso de smartphones nos permite sair da rotina dos escritórios e ter uma mobilidade para o trabalho, por outro, nunca conseguimos de fato nos desligar do trabalho.

Já existem inclusive aplicativos que monitoram o tempo gasto no aparelho, como o  Moment que permite contar a quantidade de tempo gasta no smartphone e adverte se esse uso ultrapassar limites que fora programado.
A montadora alemã Daimler, por exemplo, recentemente passou a oferecer um "apagador" automático de e-mails para funcionários em férias, reconhecendo que muitos têm dificuldade em se desligar do trabalho.
As mulheres causam preocupação em especial: muitas passam o dia trabalhando, voltam para casa para cuidar dos filhos e ainda fazem uma jornada extra no computador antes de dormir.
O presidente da Sociedade Britânica de Medicina Ocupacional, Alastair Emslie, concorda, alegando que centenas de milhares de britânicos relatam anualmente sofrer de estresse no trabalho - a ponto de adoecerem.
Dados indicam que os britânicos passam até 11 horas diárias consumindo mídias; e o Brasil tem um dos maiores índices globais de uso diário de smartphones (cerca de uma hora e meia).
E, com o crescimento no número de smartphones, cresce também a quantidade de dados à nossa disposição - o que pode levar a uma espécie de paralisia, argumenta Michael Rendell, que trabalha com a consultoria PwC.
A checagem constante de e-mails fora do escritório pode, em alguns casos, desrespeitar legislações trabalhistas.
Uma pesquisa da empresa de TI SolarWinds diz que mais da metade dos trabalhadores entrevistados sente que é esperado que eles trabalhem mais rápido e cumpram prazos menores por estarem mais conectados. Quase a metade deles acha que seus empregadores esperam que eles estejam disponíveis a qualquer hora ou lugar.
É importante, segundo os especialistas, que esta  flexibilidade seja em nosso favor e devemos ser disciplinados quanto ao uso de smartphones.

Fonte: http://www.bbc.co.uk/

Nenhum comentário :

Postar um comentário