terça-feira, 8 de julho de 2014

Até mesmo verduras, em excesso podem fazer mal a saúde !

É senso comum entre os nutricionistas que se deve ter uma alimentação balanceada. Devemos consumir alimentos ricos em proteínas, vitaminas e sais minerais.
Daí a grande importância de se comer verduras e hortaliças que são fontes riquíssimas de vitaminas e sais minerais. Entretanto, os especialistas advertem que tudo em excesso, até mesmo as verduras, podem fazer mal.

Algumas verduras, legumes e hortaliças são tão ricas em alguns minerais e vitaminas que se consumidos em excesso podem gerar diversos problemas como ressecamento de pele, flatulências e algumas doenças. Já na questão excessiva da ingestão de fibras, pode vir a impedir a absorção de alguns nutrientes.
As fibras são importantes para ajudar a formação do bolo fecal e consequentemente a diminuição de prisões de ventre. São a moda do momento, pois ajuda a saciedade e faz parte de diversas dietas.
O consumo diário recomendado pela agência reguladora de medicamentos e alimentos dos Estados Unidos (FDA - Food and Drug Administration) é de 30 g. Do contrário, podem até provocar prisão de ventre e desidratação, além de dificultar a absorção de zinco, cálcio e de vitaminas A, D, E e K pelo organismo.


A alface por exemplo, é importante fonte de cálcio, fósforo, ferro, potássio, sódio, tiamina, vitamina B1, entretanto se consumido em excesso pode comprometer o funcionamento da tireoide;










No caso da batata, fonte de vitamina C e B6, potássio e outros minerais, amido e carboidrato. Se consumida em excesso pode aumentar o índice glicêmico, sendo perigoso aos diabéticos;






A berinjela, fonte de vitamina A,B1, B2, B3, C, cálcio, ferro, potássio, magnésio e fósforo, pode causar cálculos renais se consumida em excesso devido ao excesso de potássio;








A cenoura, fonte de betacaroteno, fibras e potássio. Seu excesso pode causar coloração amarelada na pele, comprometimentos renais devido ao potássio e o sódio, sendo perigoso para quem é hipertenso;






A ervilha, fonte de proteínas, vitamina A, C, B1, B2 e potássio, quando em excesso pode atrapalhar a absorção de ferro e cálcio, e pode ocasionar sintomas de gota em pessoas propensas;






Espinafre, rico em carotenoides, vitaminas A e C, ácido fólico, potássio, e é um potente antioxidante. Seu excesso atrapalha a absorção de ferro e zinco e pode acelerar a formação de pedras nos rins e na bexiga;






O Nabo, rica em  vitamina C, cálcio e potássio, ajuda a fortalecer o sistema imunológico e os ossos, entretanto em excesso provoca flatulências, distensão abdominal, além de casar diversos problemas em pessoas com problemas de tireoide;





O Tomate, fonte de vitaminas A e C, ácido fólico, potássio e licopeno, protege contra alguns tipos de câncer como o de próstata. Seu excesso aumenta as taxas de ácido úrico, podem causar azias, má digestão, além de algumas alergias.


Mesmo assim o consumo dos vegetais deve ser incentivado. Segundo a organização mundial da saúde, cerca de 60 % das mortes em todo o mundo poderiam ser evitadas apenas pelo consumo regular dos vegetais.
Segundo ainda a nutricionista Lusssandra Galindo, dois vegetais podem e devem ser consumidos sem medo de excessos: beterraba e brócolis. O primeiro é primordial para evitar a anemia, doença que afeta 50% das gestantes e crianças com menos de dois anos no Brasil. O segundo, por sua vez, é um excepcional aliado na busca por um sistema imunológico saudável.


Fontes:

 http://ne10.uol.com.br;
http://www.revistaunicaonline.com.br

Um comentário :

  1. POIS É! JA DIZIA ROBERTO CARLOS, TUDO EM EXCESSO FAZ MAL OU ENGORDA

    ResponderExcluir